COMISSÃO DE PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO
APRESENTAÇÃO

A Comissão de Psicologia Organizacional e do Trabalho (CPTO), desde sua criação, direciona suas ações de forma a ampliar o olhar para os campos de atuação nos quais a(o) psicóloga(o) contribui dentro das organizações.

 

O mundo do trabalho vive em permanente evolução de valores e uma dimensão ética ampliada, que envolve cuidados com o meio ambiente, cultura, educação, cidadania, relação com as pessoas e com a comunidade. Além disso, as dimensões invisíveis na relação entre o trabalhador e a atividade laboral desenvolvida, torna indispensável pensar/construir não só o papel, mas as formas de intervenção da(o) Psicóloga(o) do Trabalho e Organizacional.

 

Com a globalização dos negócios, o desenvolvimento tecnológico, o forte impacto da mudança e o intenso movimento pela qualidade e produtividade, reafirma-se que o grande diferencial e a principal vantagem competitiva das empresas, decorre das pessoas que nelas trabalham.

 

Para além da capacidade de aplicação dos conhecimentos gerais ou específicos, necessário se faz o desenvolvimento da capacidade de trabalhar com outras pessoas, compreendendo-as e incentivando-as, seja individualmente ou em grupos.

 

O impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o comportamento humano dentro das organizações podem definir a eficácia ou ineficácia organizacional.

 

Dessa forma, a comissão tem como atribuições propor ações pertinentes à área, incluindo organização de eventos; estudar e debater sobre estratégias que influenciam na maior humanização das condições de trabalho, na melhoria nos estilos de gestão e na compreensão mais ampla e genérica das relações entre o trabalho e a saúde/doença dos trabalhadores; promover o diálogo da Psicologia, como ciência e profissão, com as questões do mundo do trabalho para a construção de uma Psicologia crítica e capaz de contribuir efetivamente para o desenvolvimento profissional e organizacional; estimular a produção de material teórico-prático no campo da Psicologia do Trabalho e Organizacional; e registrar e elaborar o Relatório de Atividades.

 

A comissão se reúne uma vez ao mês, na sede do CRP-MG, em Belo Horizonte.

OBJETIVOS

  • Fortalecer a Psicologia do Trabalho e Organizacional nos espaços públicos e privados de forma trans, inter e multidisciplinar;
  • Propiciar discussão sobre temas e ações relevantes para a atuação da(o) Psicóloga(o) em qualquer situação ligada ao mundo do trabalho, em especial dentro das organizações;
  • Promover interlocução com as instituições de formação de psicólogas(os), com grupos e entidades de profissionais da Psicologia do Trabalho e Organizacional e outras áreas da Psicologia;
  • Articular a interface com outros profissionais do mundo do trabalho, especialmente àqueles atuantes na saúde do trabalhador.

COORDENAÇÃO DA COMISSÃO

Aparecida Maria de Souza Cruvinel