Associação Brasileira de Saúde Coletiva e Fórum Mineiro de Saúde Mental se posicionam sobre mudanças na Política Nacional de Saúde Mental

Em fevereiro deste ano, o Ministério da Saúde publicou a Nota Técnica nº 11/2019, que apresenta “esclarecimentos sobre as mudanças na Política Nacional de Saúde Mental e nas Diretrizes da Política Nacional sobre Drogas”.

Diversas instituições manifestaram-se sobre os retrocessos que as medidas apontadas representam para as políticas públicas de saúde mental.

O Conselho Regional de Psicologia – Minas Gerais (CRP-MG) assina o manifesto produzido pelo Fórum Mineiro de Saúde Mental e endossa o posicionamento da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Acesse os posicionamentos:

Fórum Mineiro de Saúde Mental – Manifesto de Repúdio à “Nova” Política de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde: a Volta aos Porões da Loucura.

Abrasco – Sobre as mudanças na Política Nacional de Saúde Mental e nas Diretrizes da Política Nacional sobre Drogas