CRP-MG estabelece linhas de ação por meio do GT Psicologia das Emergências e Desastres

O Conselho Regional de Psicologia – Minas Gerais (CRP-MG), por meio do Grupo de Trabalho Psicologia das Emergências e dos Desastres (GTPed), estabelece as seguintes ações para colaborar com soluções frente à catástrofe socioambiental provocada pelo rompimento das barragens na região de Mariana:

– mediar o contato entre a categoria e o poder público, encaminhando para a coordenação de saúde mental da Secretaria de Estado da Saúde os nomes e contatos de psicólogas e psicólogos que se dispuserem a atuar voluntariamente no local, a começar pelas duas psicólogas membros do GTPed, especialistas na área de emergência e desastre com experiência em atuações em catástrofes;

– disponibilizar listagem das psicólogas e psicólogos que atuam na Saúde Pública em Minas Gerais para a Secretaria de Estado da Saúde, caso esta necessite mapear os profissionais lotados na região, a exemplo das duas profissionais integrantes do GTPed, que também são servidoras do Estado, com disponibilidade para a prestação de serviço temporário por 15 dias (acompanhamento nos serviços de urgência e emergência), sendo que, para isso será necessário que a Secretaria viabilize a disponibilidade das servidoras junto aos órgãos de origem;

– disponibilizar capacitação in loco, por membros do GTPed, para profissionais de saúde;

– elaborar e disponibilizar material informativo para os profissionais e para a população atingida;

– manter interlocução com o comitê de crise da Secretaria de Estado da Saúde para contribuir com outras ações que estejam no escopo do CRP-MG e porventura sejam necessárias;

– veicular em seu site a versão integral do guia: “Primeiros cuidados psicológicos – um guia para trabalhadores do campo”;

– manter à disposição da categoria o e-mail faleconosco@crp04.org.br para receber sugestões e dúvidas.