Programa de Rádio abordou o “Bullying nas escolas”

Última edição do ano discorreu sobre os agentes causadores de sofrimentos entre crianças e jovens no ambiente escolar

Ouça o programa na íntegra.

A recente morte de um estudante mineiro, causada por violência de um colega, dentro da escola, evidenciou a necessidade de refletir sobre a forma como a comunidade escolar tem se relacionado. Para falar sobre o assunto, o Psicologia em Foco no Rádio desta quarta-feira, 19/12, abordou a temática “Bullying nas escolas”. Entrevistamos a psicóloga, filósofa, mestre em educação e integrante da Comissão de Psicologia Escolar e Educacional do Conselho Regional de Psicologia – Minas Gerais (CRP-MG), Evely Capdeville.

A psicóloga explicou que o bullying é definido como um conjunto de comportamentos agressivos – físicos e psicológicos – adotado por um sujeito, ou mais de um sujeito, com objetivo de intimidar ou agredir alguém. Segundo ela, essas práticas normalmente aparecem sem uma motivação evidente e com intenção de causar dor, angústia e sofrimento. “As crianças e os jovens precisam ser acolhidos, escutados e amparados pelo mundo adulto”, completou.

Evely Capdeville também alertou para a atuação imprescindível das(os) psicólogas(os) na escola. E ressaltou que as(os) professoras(es) e supervisoras(es) precisam desenvolver projetos que favoreçam a explicitação de valores: solidariedade, inclusão e cultura da paz no ambiente escolar. “É necessário que seja um fazer do cotidiano”, finalizou.