Psicologia em Foco no rádio discute o genocídio população negra

Nesta quarta-feira, 10/4, o Psicologia em Foco no rádio abordou o “Genocídio da população negra”. A entrevistada da semana foi a psicóloga Daniela Tiffany, que é mestra em Psicologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), pesquisadora de gênero e raça e assessora parlamentar.

Ouça entrevista.

Em decorrência do assassinato do músico, Evaldo Rosa dos Santos, após 80 tiros disparados pelo exército contra o carro em que estava com sua família, no último domingo, 7, na Zona Norte do Rio de Janeiro, a discussão sobre o genocídio de pessoas negras foi novamente ressaltada.

A psicóloga Daniela Tiffany destacou a escravidão como principal circunstância histórica para o cenário de violência e desumanização das pessoas negras no Brasil. Além disso, Daniela salientou o desmonte das políticas públicas voltadas para essa população.

“Nesse momento atual nós temos um problema sério, uma tentativa de retomar o discurso da democracia racial. Querem que a gente esqueça todas essas questões a respeito da necessidade de discutir racismo desde a escola até a sociedade como um todo”, afirmou.

Daniela também reforçou a necessidade do trabalho conjunto de todas as pessoas para que haja mudanças efetivas para o fim do racismo.

“O problema do racismo não é algo que diz respeito aos negros, é algo que diz respeito a uma sociedade. É necessário que a população branca também racialize a própria experiência e entenda como nós continuamos atualizando o racismo na nossa sociedade”, explicou.

O programa Psicologia em Foco no rádio é uma parceria do CRP-MG com a Rádio Inconfidência. Vai ao ar toda quarta-feira, às 12h30, pela frequência 880AM ou online no www.inconfidencia.com.br